quinta-feira, setembro 01, 2005






INJUSTIÇA

Quando o homem rico
faz mal
todos acodem a descupá-lo
porque têm medo dele.
Quando o homem rico
erra
Todos dizem não errou
e sorriem
e o caso passa.
Mas se o homem pobre
faz mal
todos, todos o acusam
para agradar ao homem rico.
Mas se o homem pobre
erra
é preso, torturado, morto
e os outros, indiferentes,
encolhem os ombros e dizem
"era um pobre diabo"
e a vida continua.

porque tem de ser assim?
Quando acabará a diferença?
Homem pobre, porque esperas?
Sacode de ti esse jugo!
Tens direitos como o rico
luta por eles, por ti!

Maria Petronilho

1 comentário:

andy disse...

Em portugal há duas justiças.
Uma para os ricos e outra para os pobres.
Há que aproveitar as lágrimas e as gargalhadas da felicidade!
Belo texto
5*****