sábado, setembro 01, 2007






Debandem, saudades!

Breve passará a noite
levantando o negro xaile
onde a alva se recolhe.

1 comentário:

Luso-Poemas disse...

ola, venha participar no nosso cantinho www.luso-poemas.net

lá poderá colocar o seu livro venda na nossa livraria e tb ajudamos à sua divulgação nos nossos perfis

esperamos por si..

luso-poemas.net